Mas o que dói mesmo é esse finalzinho de dia. A hora que eu validava a minha existência com a sua atenção.
Tati Bernardi. 

bem, eles diziam que tudo terminaria
assim: velho. o talento perdido. tateando às cegas em busca
da palavra

ouvindo os passos
na escuridão, volto-me
para olhar atrás de mim…

ainda não, velho cão…
logo em breve.

agora
eles se sentam falando sobre
mim: “sim, acontece, ele já
era… é
triste…”

“ele nunca teve muito, não é
mesmo?”

“bem, não, mas agora…”

agora
eles celebram minha derrocada
em tavernas que há muito já não
frequento.

agora
bebo sozinho
junto a essa máquina que mal
funciona

enquanto as sombras assumem
formas

combato retirando-me
lentamente

agora
minha antiga promessa
definha
definha

agora
acendendo novos cigarros
servido mais
bebidas

tem sido um belo
combate

ainda
é

Encurralado, Charles Bukowski.  
Não estava doendo, só estava incompleto, e aposto que você deve entender como é se sentir assim, faltava, sei lá.
Orquestrando.   
Uma vez me falaram que amar é se jogar de um precipício sem saber se lá embaixo vai ter alguém para segurar a gente. Foi a melhor definição de amor que já ouvi. Eu, que escrevo tanto e leio tanta gente que fala dessas coisas que damos o nome de sentimento, nunca tinha escutado nada tão verdadeiro. Amar é isso mesmo. É se jogar e não saber. É se entregar sem ter certeza. Aos poucos, buscamos a certeza do amor. Porque o amor para ser amor precisa de certezas. A certeza do encontro, a certeza da continuidade, a certeza da presença, a certeza da verdade.
Clarissa Corrêa.  
Dizem que o tempo resolve tudo. A questão é: quanto tempo?
Alice no País das Maravilhas
Eu apenas gostava de estar perto de você, mesmo que não disséssemos nada.
O Lado Bom da Vida.
Quando eu estiver prestes a morrer, doarei meu coração para aqueles que querem viver apaixonados, doarei meus rins enferrujados que aguentam bastante para aqueles que apreciam um bom gole num sábado à noite, doarei meu estômago para aqueles que ainda não sabem o que é ter borboletas nele quando se vê alguém surpreendente, doarei meus olhos que já viram coisas exuberantes para aqueles que amam enxergar além do que se pode ver. Não sei dizer ao certo, mas eu tenho uma necessidade enorme de deixar com cada pessoa uma parte boa dessa minha vida medíocre, e levar pro túmulo tudo de ogro e ruim que cativei com as consequências.
Phelps Schneider.  
A compreensão humana não é um exame desinteressado, mas recebe infusões da vontade e dos afetos; disso se originam ciências que podem ser chamadas “ciências conforme a nossa vontade”. Pois um homem acredita mais facilmente no que gostaria que fosse verdade. Assim, ele rejeita coisas difíceis pela impaciência de pesquisar; coisas sensatas, porque diminuem a esperança; as coisas mais profundas da natureza, por superstição; a luz da experiência, por arrogância e orgulho; coisas que não são comumente aceitas, por deferência à opinião do vulgo. Em suma, inúmeras são as maneiras, e às vezes imperceptíveis, pelas quais os afetos colorem e contaminam o entendimento.
Francis Bacon.
Os homens cultivam cinco mil rosas num mesmo jardim e não encontram o que procuram. E, no entanto, o que eles buscam poderia ser achado numa só rosa.
O Pequeno Príncipe.